quinta-feira, 12 de agosto de 2010

O imprevísivel




Quando menos se espera, o que já não era volta a ser e o que se quis, é o presente do que se tem e o futuro do que se espera.
Confesso que por mais que me assuste, gosto da imprevisibilidade da vida e de como uma vida pode mudar (ou acabar) no curto tempo de um olho que pisca.
Até insistimos em planejar nossa vida. Sim, não podemos nos fazer conseqüência do acaso mais fatalista diante da nossa própria inação. Precisamos, diante das conseqüências previsíveis de nossas escolhas, sermos os que preparados para o diferente do antes ou até do durante, quanto mais do depois.
A vida tem tudo pra ser muito mais linda quando o acaso é mais do bom que se pode provar.

Um comentário:

Dan disse...

Oi William,

Na busca pelo trovador português Luís Represas, vim parar aqui. Gostei achei muito legal,´e vou seguir. Vá me visitar no http://dan-poucodetudo.blogspot.com/, penso que gostarás.

Abraços e bom fim de semana